sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Metodologia para atormentar o pessoal do telemarketing!





Atormentando o operador de telemarketing:

01. Quando a pessoa lhe perguntar "como vai?" responda: - "Estou tão feliz que você esteja me perguntando isso! Hoje em dia ninguém mais se preocupa comigo e preciso tanto conversar com alguém... Minha artrite está me matando e meu cachorro acaba de morrer. O pior, é o meu médico que me disse..."

02. Peça um tempo, dizendo que vai pegar uma caneta e um bloco de papel e fale à pessoa para falar MUITO devagar porque você estará escrevendo tudo o que ela disser.

03. Quando a pessoa disser: "Bom dia, meu nome é Francisco da empresa X", peça-lhe para soletrar o nome e sobrenome, e o nome da empresa. Faça-o repetir. Pergunte o endereço, faça soletrar o nome da rua, o CEP. E faça repetir novamente. Peça-lheo nome do chefe dele, o número do CNPJ, etc... Faça pausas longas como se você estivesse escrevendo tudo num papel. Continue a fazer perguntas pelo tempo que for necessário.

04. Quando a pessoa se apresentar (ex: "eu sou Júlia"), dê um grito: "-Júlia? Oi. Querida! É você mesma? Faz tanto tempo que não tenho notícias suas! Como é que você foi na faculdade? Você não lembra mais de mim?"

05. Se uma empresa de telefonia ligar para lhe oferecer descontos nos interurbanos, responda com voz sinistra: - "Não tenho amigos. Ninguém quer ser meu amigo. Ninguém quer falar comigo.Você quer ser meu amigo? Eu poderia ligar para você... Qual é teu número?"

06. Se uma administradora de cartão de crédito ligar para lhe oferecer um cartão, responda que esta oferta caiu do céu, vocêa cabou de ficar desempregado e está com um monte de dívidas, seu cheque especial foi cortado e que finalmente você vai poder fazer as compras de supermercado.

07. Ou então diga que você está em liberdade condicional, num programa de reabilitação social para detentos e que você precisa pedir à assistente social a autorização dela.

08. Depois de ter ouvido tudo o que a pessoa tem a dizer, peça-a em casamento, porque você só dá seu número de cartão de crédito à sua esposa.

09. Assim que a pessoa falar o nome dela, você já começa: "-Não adianta, fulano(a), eu já reconheci sua voz! Essa brincadeira é boa, mas agora não tem mais graça. E como vai a tia Palmira?" Não importa o que a pessoa lhe disser, repita: "-Pára com isso, Fulano, você não percebeu que eu já te reconheci?"

Se nenhuma das técnicas anteriores adianta, apele para a sanidade:
10. Diga à pessoa que você está muito ocupado no momento, mas que lhe dê seu número particular que você irá ligar mais tarde. A pessoa evidentemente não vai querer lhe dar o número residencial. Responda então: "-Eu imagino que você não quer ser importunado na sua casa...Eu também não!"

P.S.: 11. Willmutt também funciona nessas horas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário